-
 
PortalInícioRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Rua Kobato 119

Ir em baixo 
AutorMensagem
Gakuen RivalS
Criador e Administrador
Criador e Administrador
avatar

Mensagens : 600
Data de inscrição : 03/08/2017

MensagemAssunto: Rua Kobato 119   16/10/2018, 10:44



-Apartamento simples no bairro residencial;
-Próximo à região da escola Harunami;
-Residência da personagem Chiba Guren.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://gakuenrivals.forumeiros.com
Chiba Guren
Harunami
Harunami
avatar

Mensagens : 236
Data de inscrição : 09/10/2018

Ficha do personagem
Raça: Demônio
Classe: Lutador
Nível Nível: 2

MensagemAssunto: Re: Rua Kobato 119   22/10/2018, 01:21

*Então passou pelos portões e subiu as escadas rapidamente até chegar em sua porta. Abriu-a rápido, assim como entrou e fechou-a apenas, sem trancar. Jogou suas coisas sobre a mesa de jantar, não muito grande, que ficava na sala e correu para o quarto, retirando suas roupas e jogando sobre a cama. E pensou consigo mesma agora. Como iria se vestir?? Não poderia demorar já que o professor estava a esperando lá em baixo. Então foi rápida novamente.

Buscou o primeiro shorts preto que viu e o vestiu, para então colocar uma blusa curta, branca, esta chegava a mostrar sua barriga toda, e nem olhou-se no espelho por que não havia colocado maquiagem nenhuma de qualquer forma. Pegou uma pequena bolsa de mão, junto da carteira e celular, uma blusa uma suéter preta, não muito fina, deixando-a caída presa aos cotovelos.
Vestiu uma bota igualmente preta com salto alto e saiu do apartamento, trancando a porta atrás de si e voltando para a rua onde Naoyuki lhe esperava.*

_________________

"Give me your soul."


"Make my skin burn with your hands 
and lead me to desire, My dear."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Chiba Guren
Harunami
Harunami
avatar

Mensagens : 236
Data de inscrição : 09/10/2018

Ficha do personagem
Raça: Demônio
Classe: Lutador
Nível Nível: 2

MensagemAssunto: Re: Rua Kobato 119   22/10/2018, 08:01

*Chegou a frente da porta. Ofegava por ter subido as escadas correndo. Parou ali e encarou a porta por alguns segundos. Antes de abaixar a cabeça e socar com força a porta ali. Como se descontasse sua angústia, inutilmente.
As lágrimas caiam no chão de acordo com o corpo de inclinava para frente e ia agachando até sentar, encostando as costas na parede atrás de si e abraçar as pernas, escondendo o rosto nos braços.

Era demais para si. Aquelas vozes continuavam a gritar e rir de sua cara. Tudo voltando a mente naquela hora. Angústia. Agonia. Tristeza. Não sabia mais como estava aguentando o coração batendo daquela aforma dolorida. Levou a mão ao peito e apertou, firme. Pare. Pare! Eu disse para parar!!
E então as vozes pararam. Silêncio. Nada mais que isso. Não havia ninguém.
Até o soar de um leve canto dos pássaros daquela tarde. Aquela voz voltou a mente. Você consegue entender isso, amor? Lembra do que a gente falou mais cedo, o futuro? Eu estou me apaixonando por você.
Os olhos se encheram de lágrimas novamente. E gritou ali. Não ligando se ouviriam. Um grito cheio de dor deixou os lábios de forma brusca. Chorando o que conseguia ali naquele momento.

Então tudo parou. Novamente o silêncio. Decidiu então continuar a sua vida. Levantou. Quase de forma automática e abriu a porta com a chave. Entrou pela porta. Um suspiro. Fechou a porta atrás de si sem tranca-la. Andou até a sala e jogou a chave e tudo que carregava no sofá. Não acendeu nenhuma das luzes. Entrou em seu quarto e sentou-se na beirada da cama. Passou a mãos delicadamente sobre o lençol ali.

A face não havia nada. As lágrimas já haviam secado e não sabia se tinha mais alguma sobrando. Ainda doía. Mas não podia fazer nada. Assim como não podia fazer nada quando viu sua casa em chamas. Assim como as pessoas que mais amou como família morriam diante de seus olhos. Assim como sofria calada pelos maus tratos durante sua infância.
Os olhos fitaram a janela aberta.*



Aah... que dia horrível.

_________________

"Give me your soul."


"Make my skin burn with your hands 
and lead me to desire, My dear."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Chiba Guren
Harunami
Harunami
avatar

Mensagens : 236
Data de inscrição : 09/10/2018

Ficha do personagem
Raça: Demônio
Classe: Lutador
Nível Nível: 2

MensagemAssunto: Re: Rua Kobato 119   22/10/2018, 08:14

*Passou um tempo encarando a janela. Então se levantou e olhou esta. A altura era do segundo andar. Não muito alto. Então riu baixo e fechou os olhos.
Puxou a cadeira que havia ali no quarto da mesa de trabalho e sentou-se a frente da janela. Apoiando os braços ali, debruçada.

Mais um suspiro e então a voz saiu dos lábios, um canto. De uma música velha.*


Sempre que me voltei para trás, você sorria pra mim
Suave como o vento
Você era tão brilhante que mesmo fechando os olhos podia te enxergar
Mas tudo transformou-se em lágrimas

Acreditando somente em você, ferindo somente você
Estávamos sempre sonhando
com um futuro distante...

Suave como a chuva
Nada mudou desde o dia que nos conhecemos
Mesmo tudo transformando-se em lágrimas

Vendo somente você, havia somente você
Estávamos sempre sonhando com um futuro distante
Sonhando...

E sonhando.

_________________

"Give me your soul."


"Make my skin burn with your hands 
and lead me to desire, My dear."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Chiba Guren
Harunami
Harunami
avatar

Mensagens : 236
Data de inscrição : 09/10/2018

Ficha do personagem
Raça: Demônio
Classe: Lutador
Nível Nível: 2

MensagemAssunto: Re: Rua Kobato 119   23/10/2018, 00:01

*Mais um suspiro e se levantou da cadeira ali. Encarou o carro ali na frente do apartamento e franziu o cenho. Será que eles iriam ficar bem sem o carro? Bom... não era da sua conta afinal. Depois se desculpava e devolveria as chaves amanhã na escola... Então abriu o armário, se trocando novamente, jogando a blusa e a suéter ao chão, vestindo agora uma regata preta fina, assim como a blusa da mesma cor de manga comprida que ia até metade de suas coxas. Pegou os óculos de leitura e o colocou. Seguiu seu caminho tranquilo no momento até a sala novamente, olhou para a cozinha que era junto com a sala, lembrando que não havia comprado nada para o jantar para aquela noite. Então pegou sua carteira e chaves apenas. Vestiu uma rasteirinha aos pés e abriu a porta. Notando agora que não havia trancado a porta. Tudo bem... não fazia diferença.

Saiu pela porta ali e a trancou dessa vez. Olhou para o céu novamente e então respirou fundo. Levando uma das mãos livres que não seguravam as chaves e a carteira, até o rosto e jogou os fios de cabelos atrás da orelha como de costume. Então seguiu seu caminho até algum mercadinho próximo talvez... Aproveitaria para conhecer o bairro, o lugar em vez de ficar ali e esperar algo acontecer...*

_________________

"Give me your soul."


"Make my skin burn with your hands 
and lead me to desire, My dear."
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Rua Kobato 119   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Rua Kobato 119
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Kobato - CLAMP

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
- :: Gakuen RivalS: O Jogo :: Nishigaki-
Ir para: